Com a realização de cinco regatas inshore, em Portland, chegou ao fim a Atlantic Cup, a mais longa prova de barcos a vela no Atlântico Ocidental e a mais difícil dos Estados Unidos. Após as três etapas da competição, o team Angola Cables Mussulo 40, tripulado pelo comandante angolano Jose Guilherme Caldas e pelo skipper brasileiro, Leonardo Chicourel, fechou a participação em quinto lugar na classificação geral.

“Chegamos a liderar a primeira perna durante muito tempo e só não chegamos mais próximos dos primeiros lugares devido à falta de informações por Internet que nos permitissem estar melhor colocados entre os concorrentes. Mesmo assim, entrar em Nova Iorque à noite e com a estátua da liberdade toda iluminada foi uma experiência extraordinária”, conta José Guilherme Caldas.

 

Ler mais